NOTÍCIAS

A partir do dia 3 de fevereiro de 2024, a Sra. Lao, esposa do Sr. Wu Zhiwei, foi nomeada para o cargo de CEO na Quinta da Marmeleira, juntamente com a Sra. Carmen Wu, filha do Sr. Wu, que continuará a exercer as funções de Assistente de CEO. A família mantém o compromisso de dar continuidade ao legado do Senhor Wu, pautado pela excelência, inovação e dedicação à comunidade. Juntos, a família do Sr. Wu irá continuar a honrar os valores e o percurso deste Homem Exemplar, assegurando a estabilidade e o futuro próspero dos seus negócios, através das políticas de desenvolvimento da empresa e das iniciativas de responsabilidade social que tanto estimava. Os ideais e a visão do Senhor Wu Zhiwei permanecerão no coração da sua família, parceiros e amigos. (Fotografia: Carmen Wu)
A notícia de que tinha doado a Portugal mais de 200 mil máscaras compradas na China, quando a covid-19 aqui entrou em força, correu todos os meios. Durante a pandemia, foi ele o primeiro empresário português a fornecer equipamentos de proteção individual a todas as missões diplomáticas de Portugal na China, realça agora a presidente da Confederação Empresarial da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CE-CPLP), registando o papel desempenhado pelo delegado da CPLP no “apoio à abertura da primeira delegação da CE-CPLP na China, através de Macau, e na criação de condições para que as empresas deste universo pudessem aceder de forma mais eficiente, inteligível e segura a este mercado tão estratégico”.
A notícia de que tinha doado a Portugal mais de 200 mil máscaras compradas na China, quando a covid-19 aqui entrou em força, correu todos os meios. Durante a pandemia, foi ele o primeiro empresário português a fornecer equipamentos de proteção individual a todas as missões diplomáticas de Portugal na China, realça agora a presidente da Confederação Empresarial da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CE-CPLP), registando o papel desempenhado pelo delegado da CPLP no “apoio à abertura da primeira delegação da CE-CPLP na China, através de Macau, e na criação de condições para que as empresas deste universo pudessem aceder de forma mais eficiente, inteligível e segura a este mercado tão estratégico”.